Um método de estudo muito eficiente

Existem diversas maneiras de estudar para uma avaliativa. Fazer releituras, grifar as partes mais importantes, fazer resumos, estudar em tópicos… São maneiras que podem ser muito proveitosas para auxiliar na melhor assimilação dos conteúdos.

O mapa mental é também um desses métodos de estudo. Criado em meados dos anos 1970 por um estudioso britânico chamado Tony Buzan, esse modelo tem mostrado-se muito eficiente para os alunos, já que torna a revisão mais fácil e atraente.

Usualmente, o mapa mental parte de uma palavra ou imagem no meio de uma folha, da qual saem setas que puxam outras palavras ou imagens relacionadas à do centro, destacando as palavras-chave e indicando as relações entre essas palavras para que o aluno possa relembrar o que aprendeu.

Sua estrutura é excelente para expressar ideias de forma simples, rápida e direta, pois possibilita fazer conexões e ter uma visão mais ampla do assunto estudado. Além disso, é possível utilizar diversas cores na sua confecção, produzindo uma estimulação visual e aproveitando para organizar melhor os grupos e palavras-chave.

Diante de todos os benefícios que esse método de estudo oferece para a aprendizagem, os alunos dos 5°s anos do Liceu Plural criaram um mapa mental para o estudo de Ciências Humanas da Natureza (Sistema reprodutor e fecundação). A atividade, realizada em grupo, foi muito positiva. As crianças ficaram muito atentas, uma vez que puderam interagir e contribuir de forma ativa na realização do estudo.

Confira as fotos!

Assistentes pedagógicas: Renata S. do Nascimento e Gabriela Brunozi

 

 

 

Recent Posts